Facebook Twitter LinkedIn Youtube Flickr
08/08/2019 10:42

Bolsa Família é barato e eficiente para reduzir pobreza e desigualdade, diz Ipea

Custando ao governo federal apenas 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB), o Bolsa Família conseguiu reduzir a extrema pobreza em 25% e a pobreza em 15% no país nos seus primeiros 15 anos. A conclusão consta de análise feita por pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

O estudo “Os efeitos do Programa Bolsa Família (PBF) sobre a pobreza e a desigualdade: Um balanço dos primeiros 15 anos” aponta o Bolsa Família como o mais importante instrumento de transferência de renda, combate à pobreza e redução da desigualdade no país e destaca a eficiência do programa, que impacta diretamente na parcela mais vulnerável da população. A análise dos impactos gerados pelo programa de transferência de renda feita pelo Ipea foi baseada em dados da Pesquisa Anual por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2001 a 2017.

Saiba mais >>

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea