Twitter
Youtube
facebook
LinkedIn
Google +

 

04/10/2018 10:02

Indicador Ipea de Investimentos aponta crescimento de 0,3% em agosto


Consumo aparente de máquinas e equipamentos avança 3%, mas a construção civil recua 2,2% no período

O Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) referente aos investimentos de agosto, divulgado nesta quinta-feira (04/10) pelo Grupo de Conjuntura do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, registrou aumento de 0,3% em relação o mês anterior, na série com ajuste sazonal. Em julho, o resultado havia sido uma queda de 0,3%.

O indicador avançou 3,5% frente a agosto de 2017, mesma variação observada no acumulado de 12 meses. Na comparação entre o trimestre encerrado em agosto e o terminado em maio, a alta apontada pelo indicador com ajuste sazonal foi de 1,8%.

O consumo aparente de máquinas e equipamentos (Came), indicador que corresponde à produção doméstica líquida das exportações e acrescida das importações, registrou crescimento de 3% em agosto ante julho. Entre os componentes do Came, a importação de bens de capital aumentou 14,9%, enquanto a produção interna de bens de capital líquida de exportações ficou estável.

Em agosto, o indicador de construção civil interrompeu uma sequência de duas altas nos meses anteriores e recuou 2,2%. Em relação ao mesmo mês de 2017, a queda foi de 1,2%. O terceiro componente da FBCF, classificado como “outros ativos fixos”, teve variação negativa de 1% entre julho e agosto.

Acesse o indicador no blog da Carta de Conjuntura

Assessoria de Imprensa e Comunicação
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
21 3515-8578
61 2026-5114

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea