Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
20/10/2017 14:27

Indicador Ipea aponta crescimento de 2,5% no consumo de bens industriais em agosto

Importações de bens industriais cresceram 8,7%, com perspectivas positivas para os próximos meses

O Indicador Ipea de Consumo Aparente da Indústria referente a agosto apontou um crescimento de 2,5% na comparação com julho. Em relação ao mesmo mês do ano passado, o avanço foi de 4,4%. O consumo aparente da indústria é definido como a produção industrial doméstica, acrescida das importações e diminuída das exportações.

Com o resultado de agosto, a variação acumulada em 12 meses do Indicador ainda está negativa (-0,7%), mas o resultado é melhor do que o acumulado até julho (-1,6%). As importações de bens industriais – um dos componentes do consumo aparente – tiveram um crescimento expressivo, de 8,7% em agosto, enquanto a produção doméstica líquida de exportações avançou 1% na comparação com julho. Esses números trazem perspectivas positivas para o desempenho da indústria nos próximos meses, segundo avaliação do Grupo de Conjuntura.

Com exceção dos bens intermediários, que recuaram 2,2% em agosto, todas as grandes categorias econômicas avançaram, com destaque novamente para o crescimento de 6% dos bens de consumo duráveis. Entre as classes de produção, a extrativa mineral teve alta de 3,5% em agosto, no segundo avanço seguido. A demanda por bens da indústria de transformação também acelerou o ritmo de crescimento, com alta de 2,8%.

Dos 22 segmentos da indústria de transformação, 15 registraram crescimento. Os que mais contribuíram positivamente foram os veículos automotivos, com alta de 6,9%, e os farmoquímicos, com expansão de 5,7%. Na comparação com agosto do ano passado, 16 segmentos registraram variação positiva, com destaque também para os veículos automotivos (26,2%).

Acesse a íntegra do indicador no blog da Carta de Conjuntura.

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea