Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
19/10/2017 08:58

Investimentos sobem 0,8% em agosto, aponta indicador do Ipea

Em relação a julho de 2017, o Indicador de FBCF ficou praticamente estável

Após 13 meses consecutivos em queda, na comparação com o mesmo período do ano anterior, os investimentos voltaram a reagir em agosto. É o que mostra o Indicador Ipea de FBCF – Formação Bruta de Capital Fixo, divulgado nesta quinta-feira (19/10), que apontou crescimento de 0,8% em relação a agosto de 2016. Na comparação com julho de 2017, o indicador manteve-se praticamente estável, com pequena queda de 0,1%.

Elaborado pelo Grupo de Conjuntura do Ipea, o Indicador Ipea de FBCF é considerado uma prévia da atualização do Sistema de Contas Nacionais Trimestrais (SCNT) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No período de 42 meses iniciados em março de 2014, este indicador apresentou variação interanual positiva apenas duas vezes: em junho de 2016 (de 0,1%) e em agosto último. No ano, o indicador ainda acumula queda de 3,9%.

“O resultado de agosto indica continuidade no processo de recuperação gradual dos investimentos” observa o técnico de planejamento e pesquisa do Ipea Leonardo Carvalho, que integra o Grupo de Conjuntura.

A análise desagregada indica que os dois principais componentes da FBCF continuam apresentando comportamento heterogêneo. O consumo aparente de máquinas e equipamentos (Came) - que corresponde à produção doméstica, acrescida das importações e descontadas as exportações - registrou crescimento de 1,8% em agosto, quando comparado a julho de 2017. A produção doméstica de bens de capital avançou 1,4%, enquanto o volume de importações caiu 1,2% e o de exportações de bens de capital recuou 1,1% no mesmo período.

O destaque negativo fica por conta do outro componente da FBCF, o indicador da construção civil, com retração de 2,3% em agosto. Na comparação com o mesmo período do ano anterior (agosto de 2016), a construção registrou queda de 4,5%, enquanto o Came cresceu 11%.

Confira o indicador na íntegra no blog da Carta de Conjuntura

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea