Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
18/07/2017 11:12

"Apenas repressão policial não é a saída", diz pesquisador do Ipea 

Políticas de segurança pública efetivas dependem de ações voltadas para educação que reúnam sociedade e Estado

 

Para que a segurança pública tenha de fato uma ação efetiva, o Estado precisa investir em uma reformulação do modelo policial que não vise exclusivamente a repressão. Isso é o que defende o técnico de planejamento e pesquisa do Ipea Daniel Cerqueira. 

O pesquisador baseia-se em um modelo de segurança que vislumbre a refundação do modelo policial utilizando a repressão qualificada com uso intensivo da informação e da inteligência. Além disso, Cerqueira entende haver a necessidade de fazer um pacto político entre o Governo Federal e os atores sociais e, ainda, de integrar as agências estatais. “Esses três pilares são fundamentais e representam a direção que o Governo Federal deveria induzir estados e municípios a perseguir”, finalizou.

Saiba mais: Suplemento do Atlas da Violência debate política de segurança pública

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea