Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
11/05/2017 11:11

Consumo de bens industriais cresceu 0,8% no primeiro trimestre

Indicador do Ipea aponta que todas as grandes categorias econômicas registraram desempenho positivo, com exceção dos bens de capital

O Indicador Ipea de Consumo Aparente da Indústria divulgado nesta quinta-feira, 11, pelo Grupo de Estudos de Conjuntura do Instituto, apontou uma alta de 0,8% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com os últimos três meses de 2016. Todas as grandes categorias econômicas registraram desempenho positivo no período, com exceção dos bens de capital, que recuaram 0,5% sobre o quarto trimestre do ano passado.

O consumo aparente da indústria é definido como produção industrial doméstica, acrescida das importações e diminuída das exportações. O bom desempenho no primeiro trimestre ocorreu apesar do resultado negativo registrado em março, quando foi registrado um recuo de 2,7% ante fevereiro – o que manteve o padrão de volatilidade dos últimos meses, nos quais se alternaram meses de crescimento com outros de queda, típicos dos estágios iniciais de recuperação. Em relação ao mesmo mês do ano anterior, o setor de bens de capital cresceu 4,2% em março.

Na comparação acumulada em 12 meses até março, é possível observar que as importações vêm reduzindo o seu ritmo de queda, ao passo que as taxas de crescimento das exportações estão se desacelerando. Enquanto o volume importado de bens industriais diminuiu 2,4%, as exportações tiveram alta de 3,3% nos 12 meses terminados em fevereiro de 2017.

Catorze de um total de 22 atividades registraram variação positiva ante março de 2016, com destaque para a fabricação de veículos automotores (9%). Em relação ao resultado acumulado em 12 meses, já se encontram em terreno positivo os setores fabricantes de produtos químicos (1,5%), têxteis (3%) e bebidas (0,2%).

O texto completo sobre o indicador está no blog da Carta de Conjuntura 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea