Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
25/04/2017 10:47

Potencial solar pode inserir o Nordeste na geração energética do país e desenvolver a região
Confira as opiniões dos especialistas que participaram do seminário promovido pelo Ipea e MCTIC

 

O seminário promovido no Ipea na última quarta-feira, dia 19, reuniu diversos especialistas para discutir como o potencial solar no semiárido nordestino pode ser explorado frente às mudanças climáticas, que, na opinião do professor do Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais Neilton Fidelis, só acentua a necessidade de um projeto de desenvolvimento da região. “Independente de mudanças climáticas, essas regiões já são as mais afetadas pela falta de chuvas”, concorda Meiry Sakamoto, da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos. “Ter uma alternativa para esse excesso de sol pode ser bastante louvável econômica e socialmente para essas populações”, acrescenta.

Já o pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais Paulo Nobre, afirma que, combinando o potencial solar, as tecnologias atuais e a estrutura de distribuição fundiária em milhares de pequenas propriedades, é possível gerar energia e distribuí-la na rede nacional. A atividade, inclusive, seria mais rentável que a agricultura. “Isso representa um diferencial para a região nordeste pela inclusão econômica de grande parte da população”, conclui.

“É na verdade aproveitar uma estratégia sinérgica”, explica o pesquisador do Centro de Pesquisas de Energia Elétrica Marcio Gianni. Ele aponta os benefícios simultâneos de fomentar as fontes renováveis de energia, levá-la aos que não têm e aumentar a produtividade da região. “É através da produção e da geração de renda que você pode quebrar o clico da pobreza.”

O seminário Potencial Solar no Semiárido Brasileiro e seu Papel Frente à Mudança do Clima foi realizado em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Confira abaixo as matérias detalhando o evento.

Ipea discutiu possibilidades da energia solar no semiárido

Painel discutiu a energia como medida de redução da pobreza

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea