Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
td-banner

TD 2281 - A Questão Ambiental e a Expansão da Fronteira Agrícola na Direção do Matopiba Brasileiro

Junior Ruiz Garcia e José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho , Brasília, março de 2017

 

Incorporar a dimensão ambiental à análise econômica e à tomada de decisão de todos os agentes é importante para compreender a expansão da fronteira agrícola no Brasil. A demanda por recursos naturais e por terra acompanha o crescimento da economia. A ocupação da fronteira agrícola brasileira tem assegurado a oferta de terras para suprir a demanda da agricultura. Dada a limitação de recursos naturais, o setor tem enfrentado novos desafios para manter o crescimento da produção. Buscou-se identificar e avaliar a situação ambiental na região do Matopiba, composta pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e da Bahia, ocupando 73 milhões de hectares. O que viabiliza a expansão agropecuária em terras improdutivas e com baixa aptidão à produção? A resposta é conhecimento e tecnologia. Portanto, avaliar o Matopiba somente por variáveis físicas e geoclimáticas é desconsiderar a gestão do conhecimento e da tecnologia. O potencial agrícola do Matopiba existe, mas é preciso investir em ciência, que possa ampliar o potencial produtivo da região. Realizou-se o tratamento de dados estatísticos com o auxílio de Sistemas de Informações Geográficas (SIGs). Este estudo faz uma análise somente da questão ambiental, mas considera que a região é um vetor importante de expansão agropecuária e de desenvolvimento local, justamente num espaço econômico que necessita de investimentos na direção de minimizar as desigualdades econômicas e sociais, questão que poderia ser refletida em políticas públicas de maior investimento em pesquisa e de geração de tecnologias adaptadas à realidade local.

Palavras-chave: potencial agrícola; fronteira agrícola; restrições ambientais; restrições institucionais; Cerrado.

Incorporate the environmental dimension to the economic analysis and the decision-making of all stakeholders is important to analyse the expansion of agricultural frontier in Brazil. Demand for natural resources and land follows the growth of the economy. In Brazil, the occupation of new areas has secured the supply of land to meet the increasing demand of agriculture. In view of limited natural resources, the sector is facing new challenges to keep the growth of production. It seeks to identify and assess the environment status in the Matopiba. The region comprises the states of Maranhão, Tocantins, Piauí, and Bahia, occupying 73 million of the hectares. What makes an agricultural expansion feasible in unproductive lands with low production capacity? The answer is knowledge and technology. Therefore, we can not only evaluate Matopiba by physical and geoclimatic variables without the background management of knowledge and technology. The agricultural potential of Matopiba exists, but it does require investments in science, which can increase the productive potential of this region. The study uses the Geographic Information Systems’ tools (GIS) to treat the statistical data. It also analyzes the environmental question, but this region is an important vector of agricultural expansion and local development, which requires investments for minimizing economic and social inequalities, a problem that could be solved by public policies on research and technologies locally adapted .

Keywords: agricultural potential; agricultural frontier; environmental constraints; institutional constraints; Savanna.


 

 acesseAcesse o sumário executivo  acesseAcesse o documento (12 MB)

 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea