Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
11/10/2016 15:13

Ipea apoia a Campanha Outubro Rosa


A maior parte dos cânceres de mama é descobert
a pelas próprias mulheres.E quanto mais cedo houver o diagnóstico, maiores as chances de cura

Quando se fala em câncer, depois do câncer de pele não melanoma, o mais comum entre as mulheres do mundo inteiro é aquele que ataca a mama, respondendo por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. Segundo estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca), são esperados 57.960 casos novos da doença neste ano. Mas com um diagnóstico rápido e eficaz, o câncer de mama tem chances de cura em mais de 95% dos casos.

Para conscientizar a população da importância da prevenção do câncer de mama e estimular a participação popular no controle da doença, o mês de outubro é marcado internacionalmente pela campanha Outubro Rosa. Neste ano, o Ministério da Saúde lançou como tema nacional a campanha "Câncer de mama: vamos falar sobre isso?". A ideia é reforçar o debate para que a população tome parte nas atividades promovidas em todo o país.

A campanha ressalta o quanto é importante para a mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres. Fazendo o autoexame com frequência, a mulher saberá reconhecer suas variações naturais e identificar alterações suspeitas que venham a surgir, como presença de caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); e pequenos nódulos localizados embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço. Vale lembrar que 80% dos nódulos mamários são benignos e apenas uma pequena porcentagem de secreções está relacionada ao câncer.

A doença
O câncer de mama é uma doença silenciosa, causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. A indicação do Ministério da Saúde é que, para mulheres entre 50 e 69 anos, a mamografia de rastreamento, exame que pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas, seja realizada a cada dois anos - antes dos 35 anos, somente em casos específicos.

Outubro Rosa
O Outubro Rosa é um movimento popular internacional que começou na década de 1990 para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. Anualmente, várias atividades são realizadas com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, além de proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

Confira a Campanha do Ministério da Saúde: “Câncer de mama: vamos falar sobre isso?”

Teste: O que você sabe sobre o câncer?

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea