Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
30/09/2016 15:50

Gastos com salários nos estados aumentaram 53% acima da inflação entre 2004 e 2014

Estudo do Ipea aponta que os setores de saúde e educação foram os mais beneficiados no período

Em texto publicado pelo Ipea na Carta de Conjuntura 32 (colocar o link) nesta quarta-feira, 28, o diretor de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Ipea, Cláudio Hamilton Soares, e um grupo de pesquisadores analisaram o crescimento dos gastos com pessoal ativo nas administrações públicas estaduais e municipais brasileiras no período de 2004 a 2014. O resultado da análise - feita com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) e da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) - aponta que, no período estudado, o gasto real (acima da inflação) com salários de servidores públicos aumentou em 53,52% nos estados, e 46,10%, nos municípios. No setor privado esse crescimento foi de 37,65%, no mesmo período. O aumento de gastos decorre principalmente de reajustes salariais.

Quanto aos setores que tiveram maior número de cargos ocupados, destaca-se o de educação, com 7,58% nos governos estaduais e 45,80% nos governos municipais. A área da saúde teve reajuste de 42,4% nos estados e 79,52% nos municípios. Já no que se refere à remuneração, o setor de educação, municipal e estadual, teve rendimentos acima dos demais servidores públicos com 57,59% e 58,04%, respectivamente. Já os servidores estaduais de saúde tiveram reajuste real de 52,59%, enquanto nos municipais o ganho real médio foi de 35,93%.

" As áreas de saúde e educação sãso responsáveis por mais da metade dos empregos públicos e os governos têm que aplicar um percentual mínimo da arrecadação nessas áreas" - observou o diretor Cláudio Hamilton Santos.

Confira a matéria do Valor Econômico: Servidor tem reajuste real de até 53% em 10 anos

Acesse a Nota Técnica Evolução do emprego público nos governos subnacionais brasileiros no período 2004-2014

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea