Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
23/09/2016 09:01

Ipea lança o projeto Desafios da Nação​

Dobrar a renda por habitante, reduzir as desigualdades sociais e desenvolver as tecnologias críticas são os eixos da proposta

O projeto Desafios da Nação foi apresentado nesta quinta-feira (22/09) pelo presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, Ernesto Lozardo,  em evento na sede da instituição, com a presença do ministro interino do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira; o ministro interino do Turismo, Alberto Alves; e o secretário-executivo da Casa Civil, Daniel Sigelmann. O diretor do Ipea João De Negri, coordenador do projeto, explicou que a proposta é baseada em três eixos principais: vencer a barreira da renda média, com a elaboração de políticas de desenvolvimento que dobrem a renda per capita brasileira; crescimento com inclusão social, que inclui mão de obra capacitada e uma sociedade menos dependente do Estado; e o desenvolvimento e absorção das tecnologias críticas para o desenvolvimento, de forma a acelerar o crescimento econômico.

“O Ipea começa a traçar um novo rumo no seu papel como instituição das políticas públicas do governo. É um instituto reconhecido pela sua independência, pela qualidade dos seus trabalhos e a excelência de seus pesquisadores”, destacou Lozardo, no lançamento do projeto.

“O Ipea foi desenhado para ter uma postura de participar de uma maneira mais efetiva das grandes discussões nacionais, das políticas implementadas”, observou o ministro Dyogo Oliveira (MP). Ele ressaltou que a base para o trabalho do Ipea é reestabelecer o equilíbrio da politica econômica e fiscal do Brasil. “São necessárias decisões enérgicas, que envolvem a aprovação da PEC 241, seguida da reforma da previdência e de outras reformas (trabalhista e tributária)”, apontou.

O secretário-executivo da Casa Civil, Daniel Sigelmann, acrescentou que o esforço do Ipea em apresentar uma visão de longo prazo para o país é pioneiro. “Não me lembro, em 20 anos de serviço público, de termos caminhado nessa direção. Esse é o início da estruturação de um caminho para o futuro do Brasil”, enfatizou.

Nova geração de políticas públicas

Para João De Negri, é necessária uma nova geração de políticas para remover os gargalos do crescimento: “Uma nova geração de políticas públicas compartilhadas entre público e privado é chave para o sucesso, com um amplo leque de reformas econômicas, sociais, de infraestrutura e prioridades de investimentos e novos mecanismos de financiamento”. Ele destacou, ainda, que dobrar a renda por habitante exige grande esforço da economia brasileira, três vezes superior ao realizado no passado. “Uma trajetória ousada exige ousadia na qualificação das pessoas, mas também na qualidade do investimento. A qualidade é a chave dos ganhos de produtividade e do futuro”, disse o diretor.

No desenvolvimento do projeto Desafios da Nação, o Ipea, que é o coordenador da iniciativa, vai interagir com a sociedade por meio de debates com lideranças empresariais, científicas e de trabalhadores.

Confira a apresentação do coordenador do projeto, João De Negri

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea