Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
11/07/2016 18:19

Brasil e Colômbia possuem a economia regional mais fechada

Assista às entrevistas sobre a Matriz de Insumo-Produto da região, apresentada pelo Ipea em parceria com a Cepal

 

Foi lançado nesta quarta-feira, 6, em Brasília, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), o levantamento inédito da Matriz de Insumo-Produto da América do Sul. A matriz traz dados sobre compra e venda de produtos entre 10 países da região: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Para o professor Renato Flores, do Núcleo de Prospecção e Inteligência Internacional da Fundação Getúlio Vargas, o Brasil e a Colômbia são os países mais fechados da América do sul. “ O Brasil e Colômbia na região são as duas economias mais fechadas em geral, no sentido de que, o valor adicionado do que nós produzimos é praticamente quase zerado por nós mesmo. Não há contribuição infelizmente dos nossos vizinhos. É muito pouco”, destacou.

Vídeo: Confira a entrevista com o presidente do Ipea, Ernesto Lozardo, sobre a Matriz de Insumo-Produto da América do Sul

América do Sul revela potencial de complementaridade produtiva

Estudo aponta o Brasil como a economia regional mais fechada

Demanda por bens no Brasil gera 145 mil empregos na Argentina

Acesse o documento “La Matriz de Insumo-Producto de América del Sur” (em espanhol)

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea