Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
15/06/2016 11:17
topo td

TD 2203 - Aglomerações Urbanas no Brasil e na América do Sul: Trajetórias e Novas Configurações

Rosa Moura e Bolívar Pêgo, Rio de Janeiro, junho de 2016

A pesquisa Rede Urbana e Território, em desenvolvimento na Diretoria de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais (Dirur) do Ipea, vem dando continuidade às atividades voltadas à análise das dinâmicas, caracterização e prospecção sobre as aglomerações urbanas e o sistema urbano-regional brasileiro. Com foco no período 2000-2014, destaca as transformações ocorridas nas relações entre os territórios, no perfil demográfico, produtivo e funcional dos municípios e suas relações com o exterior, bem como na configuração e tendência de organização socioespacial do continente sul-americano, a fim de contribuir para a definição de estratégias de apoio à formulação e à execução da política de desenvolvimento territorial (urbano e regional) em escala nacional e regional, além de subsidiar estudos, pesquisas e políticas dessa ordem também nas escalas do subcontinente e dos estados da Federação. Esta pesquisa se justifica uma vez que, ao longo da última década, o processo de urbanização do país e do continente se intensificou. A criação de novas cidades, o crescimento das pequenas e médias, o adensamento populacional em áreas já consolidadas e a ocupação de frentes pioneiras são alguns dos fenômenos que caracterizam o processo em curso. Para a compreensão da natureza do movimento de urbanização, os fenômenos mencionados necessitam ser identificados, detalhadamente caracterizados e sua análise aprofundada, especialmente no que se refere ao papel funcional dos centros urbanos, à reestruturação produtiva (em especial quanto à desconcentração industrial e à expansão da fronteira agrícola), à dinâmica demográfica dos municípios e das cidades e à infraestrutura econômica, social e urbana existente – incluindo as redes logísticas.

Palavras-chave: rede urbana; território; aglomerações urbanas; desenvolvimento territorial; Brasil; América do Sul.

The Urban Network and Territory research, developing in the Directory of Studies and Regional, Urban and Environmental Policies (Dirur) of the Ipea, comes following the activities focused on dynamic analysis, characterization and prospect about the urban agglomerations and the urban-regional system. With focus 2000-2014 period, highlights the changes in relations between the territories, demographic profile, productive and functional of the municipalities and their relations with the outside world, as well as in the configuration and trend of socio-spatial organization of the South American continent, in order to contribute to the development of strategies to support the formulation and implementation of territorial development policy (urban and regional) national and regional scale, In addition to subsidizing studies, research and policies of that order in scales of the subcontinent and the States of the Federation. This research is justified since over the last decade, the process of urbanization in the country and the continent have intensified. The creation of new towns, the growth of small and medium-sized cities, the population density in areas already consolidated and the occupation of pioneer fronts are some of the phenomena that characterize the ongoing process. For understanding the nature of the process of urbanization, the phenomena mentioned above need to be more clearly identified and characterized in detail, and enlarged its analysis, especially with regard to the functional role of urban centres, productive restructuring which took place (in particular the processes of industrial de-concentration and expansion of the agricultural frontier), the demographic dynamics of the cities and towns and economic infrastructure , and existing urban social-including logistic networks.

Keywords: urban network; territory; territory development; urban agglomeration; Brazil; South America.

 

     

acesseAcesse o sumário executivoacesseAcesse o documento (2 MB) 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea