Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
24/02/2016 16:07

 

 

Panorama Ipea - Jovens no mercado de trabalho

Desafios como a informalidade e o desemprego foram discutidos por Enid Rocha Andrade da Silva, do Ipea, e Ana Maria Nogales, da UnB

 

“É importante destacar que, no Brasil, a gente costuma dizer que a juventude brasileira é uma juventude trabalhadora. 60% dos jovens brasileiros já fazem parte da população economicamente ativa, seja procurando emprego, já vivendo o desemprego, ou até mesmo trabalhando e estudando. A inserção dos jovens no mercado de trabalho tem alguns desafios, como uma alta rotatividade e informalidade, uma remuneração menor, a necessidade do jovem conciliar estudo e vida familiar”, disse Enid Rocha Andrade da Silva, técnica de Planejamento e Pesquisa do Ipea, no debate do Panorama Ipea desta semana sobre a juventude no mercado de trabalho.

Para Ana Maria Nogales, demógrafa e professora da Universidade de Brasília (UnB), “o jovem tem mais dificuldade de colocar-se no mercado, justamente porque ele não tem essa experiência. Ele ainda é novo, falta-lhe esse acolhimento. Então, o que nos preocupa é que esse jovem, não entrando para o mercado de trabalho de maneira formal, vai entrar em uma informalidade. São desafios importantes que nós temos que ver pra nossa juventude.” Assista ao programa completo no vídeo. 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea