Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
17/08/2010 13:10

Em junho, a qualidade do desenvolvimento recuou


Resultado do IQD foi de 273,8 pontos no mês, e o indicador calculado pelo Ipea continua na zona instável

O Índice de Qualidade do Desenvolvimento, calculado pelo Ipea, sofreu uma pequena queda no mês de junho em relação a maio, registrando 273,8 pontos. Com isso, ele permanece na zona instável, que vai dos 200 aos 300 pontos. Em maio, O IQD havia fechado nos 289,67 pontos, se aproximando da zona chamada de “boa”.

O indicador de junho revela queda nos três subíndices que resultam no IQD: Índice de Qualidade do Crescimento; Índice de Qualidade do Bem-Estar e Índice de Qualidade da Inserção Externa. Entre os subíndices, o de Qualidade do Crescimento registrou 292,5 pontos, caindo, dessa forma, para a zona instável.

Apesar do cenário registrado em junho, os resultados dos últimos meses obtidos no IQD e no Sensor Econômico do Ipea permitem esperar que o IQD alcance, em breve, a área classificada como “boa”. No entanto, a queda em junho revela, também, a dificuldade da qualidade do desenvolvimento brasileiro para manter uma trajetória permanentemente ascendente.

O IQD é uma pesquisa mensal realizada pelo Ipea que capta se o desenvolvimento vivido pelo País, contempla os requisitos de crescimento econômico com distribuição dos frutos do progresso e, ainda, aponta se esse movimento tende a sustentar-se no tempo.

Leia a íntegra do IQD referente a junho de 2010

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea