Twitter
Youtube
facebook
LinkedIn
Slideshare

 

30/12/2015 08:35
topo nota_tecnica

Nota Técnica - 2015 - dezembro - Número 22 - Disoc

PNAD 2014 – breves análises


Organizadores: André Calixtre e Fábio Vaz

 

icon pdf Acesse o PDF (1.3 MB)  

 

   

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2014 mostrou que a realidade brasileira permanece em franco processo de mudança social, mesmo observando já turbulências na conjuntura econômica em 2014, mostradas pelo aumento da taxa de desemprego logo em setembro daquele ano.

O padrão de desenvolvimento dos últimos anos – permitido pela combinação do avanço da política social (tantos as universais quanto as focalizadas) e ampliação com melhorias estruturais do mercado de trabalho (redução do desemprego com formalização e ganhos reais de salário puxados pela política de valorização do salário mínimo) – não cessa em 2014, tampouco retrocede. Sua base estruturante permanece, com o crescimento real da renda do trabalho e a diminuição de suas desigualdades, o aumento da escolaridade e das condições gerais de vida do brasileiro e a diminuição das brechas que separam negros de brancos, mulheres de homens, trabalhadores rurais de urbanos. A questão está sempre na intensidade das mudanças, que poderia ter sido maior, especialmente para o conjunto de melhorias ligadas à desigualdade, entendida em seus múltiplos aspectos. Não obstante, o resultado de 2014 surpreende positivamente. Ao final do ciclo 2011-2014, não se observa a desconstrução do legado do ciclo 2003-2010, e sim um aprofundamento das mudanças sociais.


 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea