Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
25/02/2015 16:41

Plano prevê redução no consumo de água, energia e papel

Plano de Logística Sustentável também apresenta iniciativas de promoção da qualidade de vida no trabalho e de contratações sustentáveis


A elaboração do Plano de Gestão de Logística Sustentável - PLS no Ipea foi norteada pela Instrução Normativa nº 10, de dezembro de 2012, da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), que regulamenta o art. 16 do Decreto nº 7.746, de 5 de junho de 2012. O Plano define critérios e diretrizes que estabelecem práticas de sustentabilidade e racionalização de gastos e processos, para redução dos custos no Instituto. O objetivo principal do PLS é “criar regras de racionalização de gastos e processos, buscando consolidar, organizar aprimorar e sistematizar as boas práticas de sustentabilidade ambiental, social e econômica já em andamento no Instituto”.

Entre as medidas previstas no documento, estão iniciativas que pretendem reduzir em até 10% o consumo de energia elétrica e papel e 5% o consumo de água nas unidades do Ipea em Brasília e no Rio de Janeiro. O projeto prevê, ainda, a consolidação da prática de coleta seletiva no Instituto, além da redução do uso de copos descartáveis e a adoção de políticas e práticas de qualidade de vida no trabalho, promoção de contratações sustentáveis e adoção de ambientes que assegurem a mobilidade de usuários com necessidades especiais.

Os resultados do PLS serão acompanhados mensalmente por meio de metas e ações estabelecidas pelo Grupo Técnico de Trabalho, composto por servidores e colaboradores de diversas diretorias e assessorias do Ipea. As metas propostas foram definidas a partir de diagnósticos que tiveram como base, por exemplo, os dados obtidos durante a execução do Projeto Esplanada Sustentável.

Diretrizes

Por meio das Portarias do Ipea nº 188 e nº 189, de 30 de dezembro de 2014, foi constituído o Grupo Técnico para atuar na implementação e no monitoramento do Plano de Gestão de Logística Sustentável do Instituto (Brasília e Rio de Janeiro). O grupo é responsável por “sensibilizar os servidores sobre a importância do PLS, executar o diagnóstico do Instituto, realizar o planejamento das ações, apoiar sua implementação e fazer o seu monitoramento, além de criar mecanismos de comunicação entre os gestores, para facilitar a troca de informações”.

Entre as diretrizes utilizadas pelo grupo na elaboração do PLS, está, além da promoção de práticas de sustentabilidade estabelecidas em normas legais, a adoção dos princípios dos 5Rs: reduzir, repensar, reutilizar, reciclar e recusar (consumir produtos que gerem impactos socioambientais significativos).

Conheça mais detalhes do Plano de Logística Sustentável do Ipea

Portarias 

Instituição do Plano de Gestão de Logística Sustentável (PLS) no Ipea (Portaria n°225)

Criação do Grupo Técnico (Brasília – Portaria Ipea n°188)

Criação do Grupo Técnico (Rio de Janeiro – Portaria Ipea n°189)

Aprovação do PLS para o exercício de 2015 (Portaria Ipea n°30)

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea