Twitter
Youtube
facebook
LinkedIn
Google +

 

13/02/2015 09:33

Projeto Modelagem de Sistemas Complexos recebeu professor da Universidade de Tóquio
Masaru Yarime falou sobre o ambiente como objeto complexo



No terceiro e último seminário sobre sistemas complexos desta primeira etapa do projeto, o Ipea recebeu, em sua sede, em Brasília, o professor Masaru Yarime, da Universidade de Tóquio. Yarime tem experiências em políticas públicas, estratégias corporativas e desenhos institucionais para a promoção de tecnologias e inovações voltadas à sustentabilidade. O evento internacional, intitulado Modelagem de Sistemas Complexos para políticas públicas – o ambiente como objeto complexo, foi realizado nesta quinta-feira, dia 12.

Na palestra, o professor defendeu que “precisamos lidar com o ambiente como um sistema complexo adaptativo e com a sustentabilidade como um processo contínuo e dinâmico, não como um estado estático do sistema”. Essa percepção traria implicações significativas no âmbito das políticas públicas. Yarime frisou que a sustentabilidade de um sistema depende de dois fatores: eficiência e resiliência. A eficiência pode ser entendida como a capacidade de o sistema interagir e a resiliência seriam os elementos de reserva que dão suporte para lidar com elementos inesperados no ambiente.

Segundo o coordenador do projeto e também diretor de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais do Ipea, Bernardo Alves Furtado, a abordagem dos sistemas complexos permite “observar objetos de políticas públicas de modo a enfatizar as interações não lineares entre cidadãos, firmas, instituições e ambiente, de forma descentralizada e participativa, com foco nos efeitos cruzados entre políticas, sua dinamicidade, feedback e com olhar prospectivo”.

A pesquisa Modelagens em Sistemas Complexos irá resultar em um livro que já possui capítulos com temas em macroeconomia, transportes, educação, legislação e interações sociais. E o tema discutido no seminário Modelagem de Sistemas Complexos para políticas públicas – o ambiente como objeto complexo será abordado no último capítulo da publicação. O texto A complexity approach for public policies, que resume as contribuições do livro, já está em fase final de edição e deve estar disponível no próximo mês.

O projeto

Desde o segundo semestre de 2014, o Ipea vem desenvolvendo um projeto de pesquisa voltado à modelagem desses sistemas aplicada às políticas públicas. Além dos seminários internacionais, com apresentações (em vídeos e slides) disponíveis no portal do Instituto para consulta, a inciativa já publicou um texto para discussão intitulado Complexidade: Uma Revisão dos Clássicos.


Vídeo: assista à íntegra da palestra

Confira a apresentação feita pelo professor Masaru Yarime: Modeling Complex Systems for Public Policies-The Environment as a Complex Object

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea