Missão: “Aprimorar as políticas públicas essenciais ao desenvolvimento brasileiro por meio da produção e disseminação de conhecimentos e da assessoria ao Estado nas suas decisões estratégicas”.
IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Ipea ao Vivo
Twitter
Youtube
facebook
Flickr
Google +
pasang iklan gratis olahan makanan panganan nusantara
12/12/2014 00:00
topo livro_pesquisa_habitacao

Pesquisa de satisfação dos beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida 

Ministério das Cidades/ Secretaria Nacional de Habitação e Ipea  (Editores) / Brasília, 2014


icon pdf Acesse o PDF (6.9 MB)      


SUMÁRIO

 

APRESENTAÇÕES 

CAPÍTULO 1

O CONTEXTO DA PESQUISA

CAPÍTULO 2
O CONCEITO DE MORADIA, O INSTRUMENTO DE COLETA DE INFORMAÇÃO E OS MÉTODOS DE VALIDAÇÃO

2.1. CONCEITOS FUNDAMENTAIS À ANÁLISE
2.2. AS DIMENSÕES E VARIÁVEIS DA PERCEPÇÃO SUBJETIVA
2.3. MÉTODOS DE VALIDAÇÃO

CAPÍTULO 3 
AMOSTRA DE EMPREENDIMENTOS E MORADIAS

3.1. AMOSTRAGEM
3.2. REPRESENTATIVIDADE POR TIPO E REGIÃO
3.3. PROPRIEDADES DOS ESTIMADORES
3.4. ESTUDOS DE CASO

CAPÍTULO 4
A VALIDADE DOS INSTRUMENTOS DA PESQUISA DE OPINIÃO

4.1. VISITAS TÉCNICAS
4.2. ANÁLISE FATORIAL
4.3. CONCLUSÃO 

CAPÍTULO 5
PERFIL DOS ENTREVISTADOS E DAS FAMÍLIAS

5.1. PERFIL DOS ENTREVISTADOS NA PESQUISA
5.2. PERFIL DAS FAMÍLIAS E MORADIAS
5.3. ASPECTOS RELATIVOS A POLÍTICAS PÚBLICAS

CAPÍTULO 6
PERCEPÇÃO DOS ENTREVISTADOS COM RELAÇÃO AOS ATRIBUTOS DAS

MORADIAS E AO AUMENTO DE BEM ESTAR
6.1. UNIDADE HABITACIONAL
6.2. ENTORNO DOS EMPREENDIMENTOS
6.3. INSERÇÃO URBANA
6.4. CUSTO DE VIDA
6.5. BEM ESTAR

CAPÍTULO 7
ACESSO A SERVIÇOS PÚBLICOS E A SUSTENTABILIDADE DAS FAMÍLIAS E DOS EMPREENDIMENTOS

7.1. PERFIL DOS BENEFICIÁRIOS E LOCALIZAÇÃO DOS EMPREENDIMENTOS
7.2. INTERLOCUÇÃO ENTRE MORADORES E PODERES PÚBLICOS
7.3. ARRANJOS INSTITUCIONAIS
7.4. BUROCRACIA VERSUS MORADORES
7.5. EXPECTATIVAS E CIDADANIA
7.6. “ATRITO” E ADAPTAÇÃO GRADUAL
7.7. RELEVÂNCIA E POTENCIAL DO TEMA DA GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA 

CAPÍTULO 8
OS FATORES DETERMINANTES DA SATISFAÇÃO E OS ASPECTOS DA SUBJETIVIDADE

8.1. FATORES DETERMINANTES DA PERCEPÇÃO DE BEM ESTAR
8.2. ASPECTOS DA SUBJETIVIDADE NA PERCEPÇÃO DOS BENEFICIÁRIOS
8.3. SUGESTÕES PARA FUTURAS PESQUISAS

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ANEXO

 

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea