Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil

TD 1913 - Aglomeração Econômica e Migração: Uma Análise Para o Caso Brasileiro

Pedro Henrique Albuquerque, Bruno de Oliveira Cruz, Carlos Wagner de A. Oliveira e Iury R. dos Santos / Brasília, dezembro de 2013

A migração interestadual no Brasil representa aproximadamente 40% do total da migração interna no país. O objetivo deste trabalho é estimar as causas econômicas para os fluxos migratórios interestaduais. Fundamentado no trabalho de Crozet, pode-se analisar a interação entre rendimentos crescente de escala e custos de transporte sobre a dinâmica regional brasileira e os fluxos migratórios. Neste estudo são estimados os parâmetros estruturais para a economia brasileira, entre os quais o poder de mercado das firmas inseridas no setor moderno da economia. A partir deles, é possível avaliar a dinâmica econômica em termos regionais. Rejeita-se a hipótese de existência de solução do tipo buraco negro e obtêm-se, ainda, os valores do raio de estabilidade das aglomerações econômicas no país, que é de, aproximadamente, 320 km em torno do estado de São Paulo. Este resultado corrobora o conceito proposto por Diniz (1995), conhecido como polígono da “desconcentração concentrada”. O salário esperado e a distância também são fatores relevantes na determinação do fluxo de migrantes. A elasticidade do salário esperado varia de 0,17 a 0,08, em função da especificação do modelo econométrico. Isto significa que a cada 10% de variação no salário da região corresponde um impacto positivo entre 0,8% e 1,7% na taxa de migração.

Palavras-chave: migração; economia regional; modelos centro-periferia.

Interstate migration in Brazil represents almost 40% of total internal migration. This paper investigates the economic causes of interstate migration flow. We apply Crozet´s model the interaction of increasing returns and transportation cost on the regional dynamics and migration flow in Brazil. We estimate structural parameters to the Brazilian economy, among other the mark-up and the market power in the modern sector. Using those parameters, the hypothesis of black hole solution is rejected to the Brazilian economy, furthermore the basin of attraction of the main agglomeration has a radius close to 320 km, and this result corroborates Diniz (1995)´s previous analyses of “de-concentration concentrated” in Southeast/South polygon. Expected wage and distance are also relevant for the interstate migration in Brazil, the elasticity of expected wage is significant and varies according to the specification from 0.08 to 0.17 in line with the international literature.

Keywords: migration; regional economics; center-periphery models.

 

acesseacesse o sumário executivoacesseAcesse o documento (320KB)



 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea