Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil

TD 1808 - Evolução e Determinantes da Taxa de Homicídios no Brasil 

Adolfo Sachsida e Mario Jorge Cardoso de Mendonça / Brasília, janeiro de 2013

O objetivo central deste estudo foi analisar o efeito de políticas de repressão sobre a taxa de homicídios na sociedade. Políticas de repressão ao crime podem ser divididas em duas partes: políticas de incapacitação e políticas de detenção. Em termos de políticas públicas, a incapacitação é traduzida por uma maior taxa de encarceramento. Já a detenção pode ser compreendida como um aumento nas taxas de policiamento (tanto civil quanto militar). De maneira geral, nossos resultados comprovam que prender mais bandidos e aumentar o policiamento são armas válidas para reduzir a taxa de homicídios, independentemente do que ocorra com outras variáveis socioeconômicas.

Palavras-chave: criminalidade; homicídios; taxa de encarceramento; taxa de policiais.

The main objective of this article is to verify the impact of both the incarceration rate and the number of police officers over the homicide rates. Overall, our results suggest that the increase in both the incarceration rate and the number of police officers are important do deter homicides. That is, the successful fight against crime can be achieved by incarceration and police officers independently of what happens with other socioeconomic variables.

Keywords: criminality; homicide; incarceration rate; number of police officers.


 acesseAcesse o documento (566KB)       

Surplus Labor and Industrialization</strong


 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea