Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick
topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil

TD 1802 - O Desempenho Produtivo das Cadeias Exportadoras Brasileiras no Período 2000-2007 

Luís Dias Bahia / Brasília, dezembro de 2012

Desde 2000, dois fenômenos importantes aconteceram na pauta de exportação brasileira:as exportações agregadas de bens cresceram significativamente em termos reais; e os bens ligados ao complexo agroindustrial ganharam (também de maneira acelerada e impressionante) participação na pauta exportadora, além das exportações de petróleo cru. Estes dois fenômenos geraram também indagações sobre suas consequências.Este trabalho busca investigar se se estaria caminhando para um contexto de menor dinamismo produtivo a partir do comércio internacional ou ainda para algo similar à “doença holandesa”. Em linhas gerais, conclui-se que parece estar ocorrendo no Brasil não uma tendência a menor dinamismo produtivo, mas a necessidade de atuar além exclusivamente dos setores produtivos em si, que apresentam uma necessidade de aprimoramento tecnológico-produtivo, em algo também importante: o aprimoramento do conjunto de serviços mobilizados pelas cadeias exportadoras.

Palavras-chave:exportação brasileira; produtividade do trabalho.


 
acesseAcesse o documento (566KB)       

Surplus Labor and Industrialization</strong

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea