Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick

topo livro_politicas_incent_inov_tecn_brasil
TD 1672 - A Inflação Brasileira na Década de 2000 e a Importância de Políticas Não Monetárias de Controle
Julia de Medeiros Braga / Rio de Janeiro, outubro de 2011  

Neste trabalho são apresentadas estimativas para a inflação brasileira na década de 2000. Os resultados de um modelo "estrutural" com duas variáveis endógenas - a inflação do produto e a inflação salarial - apontam que: i) o indicador de demanda não apresentou significância estatística na equação da inflação de bens e serviços, mas sim na equação da variação salarial; e ii) houve predominância da influência de pressões cambiais e da evolução dos preços das commodities na explicação da inflação cheia. Porém, estimativas desagregadas em bens de consumo e serviços indicaram a predominância dos salários como variável explicativa dos preços dos serviços não monitorados. As pressões salariais da segunda metade da década, contudo, puderam ser acomodadas parcialmente devido ao crescimento da produtividade no período. Finalmente, as evidências reportadas para os preços monitorados sugerem ainda que políticas não monetárias adotadas nesta década, de natureza regulatória e tributária, foram eficazes no controle da inflação.

This paper presents estimates for Brazilian inflation during the 2000s. The results of a structural model with two endogenous variables - wage inflation and consumer inflation - indicate that: i) the demand indicator was not statistically significant in the consumer inflation, but it was important to explain wage inflation; ii) variations in the exchange rate and in commodity prices were the key determinants of consumer inflation. In contrast, disaggregated estimates for consumer goods and services indicated the role of wages as a determinant of variations in service prices which are not monitored by government. Wage impacts on final aggregate prices, however, were not strong due to the rise in productivity. Finally, the evidence reported for monitored prices suggests that non-monetary policies adopted in this decade, consisting of regulatory and fiscal measures, were effective in controlling inflation.


 acesse  Acesse o documento (1.31KB)           
Surplus Labor and Industrialization


 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea