Texto publicado pelo Ipea pautou redação do Enem
Missão: “Aprimorar as políticas públicas essenciais ao desenvolvimento brasileiro por meio da produção e disseminação de conhecimentos e da assessoria ao Estado nas suas decisões estratégicas”.
IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
recept pojok game jual obral berita bola delicious recipe resep masakan indonesia resep masakan indonesia Adi Sucipto News and Entertainment
Ipea ao Vivo
Twitter
Youtube
facebook
Flickr
Google +
06/11/2012 12:46

Texto publicado pelo Ipea pautou redação do Enem

 
“Trilha da costura” foi um dos artigos selecionados para a Code 2011
 

No último final de semana, 4,17 milhões de jovens realizaram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio. (Enem). Um dos textos que embasaram o tema da prova de redação foi retirado do Portal Ipea. Trilha da Costura: Flexibilidade Laboral ou Escravidão, escrito por Rafael De La Torre Oliveira, psicólogo graduado pela Universidade Cruzeiro do Sul e especialista em Saúde Coletiva pelo Instituto de Saúde do Estado de São Paulo, foi um dos artigos selecionados para a Conferência do Desenvolvimento (Code/Ipea) ocorrida em novembro de 2011, em Brasília. O texto está publicado na página da Code 2011.

A redação do Enem deste ano teve como tema o movimento migratório para o Brasil no século XXI. Além do texto do Ipea, outro do site da Polícia Federal serviu de apoio. No enunciado, a prova informava sobre o processo imigratório nos séculos 19 e 20 e mencionava a importância dos estrangeiros para a economia daquela época, principalmente depois da chegada dos trabalhadores qualificados para as plantações de café.

Pela diversidade de temas atuais tratados, o Portal Ipea pode tornar-se fonte de informações para outras seleções públicas. Trilha da costura menciona que os imigrantes bolivianos são mais de 3 milhões no mundo. A Bolívia, em termos de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), ocupa a 114ª posição. O país está no centro da América do Sul e é o mais pobre, sendo 70% da população considerada miserável. Os principais países para aonde os bolivianos imigrantes dirigem-se são: Argentina, Brasil, Espanha e Estados Unidos.

Os dados já demonstram que as motivações do fluxo de imigração não são políticas, mas econômicas. Como a maioria da população tem baixa qualificação, os trabalhos artesanais, culturais, de campo e de costura são os de mais fácil acesso.

Na Code 2011, o texto foi selecionado dentro da área temática Desenvolvimento: desafios e perspectivas antropológicas. Adotado pela maioria das universidades federais, o Enem é o maior vestibular do país e sua nota é usada como critério para concessão de financiamento estudantil, bolsas do ProUni, e para certificação de conclusão do ensino médio.

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea