Ipea
Missão: “Aprimorar as políticas públicas essenciais ao desenvolvimento brasileiro por meio da produção e disseminação de conhecimentos e da assessoria ao Estado nas suas decisões estratégicas”.
IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
recept pojok game jual obral berita bola delicious recipe resep masakan indonesia resep masakan indonesia Adi Sucipto News and Entertainment
Ipea ao Vivo
Twitter
Youtube
facebook
Flickr
Google +

Resultados 7021 - 7040 de 14373

Chamada Pública nº 096/2010 Chamada Pública nº 096/2010 - Projeto " Propriedade Intelectual e Aspectos Concorrenciais" Vagas: 01 (uma) bolsa Assistente de Pesquisa I (Graduado). Prazo de inscrição: 18 de outubro a 03 de novembro de 2010. Resultado: A partir de 08 de novembro de 2010. Início das bolsas: Dezembro de 2010. Chamada Pública nº 096/2010 Clique aqui para ver o Resultado Acesse aqui para cadastrar seu currículo Informações básicas: Obs: Este texto é apenas informativo e não substitui o conteúdo da Chamada Pública. Atenção: Os candidatos que apresentarem proposta para os processos de seleção em aberto, quando do cadastramento do currículo, devem mencionar no campo "Projeto de atuação pretendido no Ipea" o nome do projeto ao qual desejam concorrer à bolsa.
Chamada Pública nº 093/2010 Chamada Pública nº 093/2010 - Projeto "Políticas Sociais Acompanhamento e Análise" Vagas: 04 (quatro) bolsas Assistente de Pesquisa I (Graduado) Prazo de inscrição: 04 de setembro a 19 de outubro de 2010 Resultado: A partir de 29 de outubro de 2010 Início das bolsas: Novembro de 2010 Prorrogação de Inscrições: até 27 de outubro de 2010 Resultado: A partir de 05 de novembro de 2010 Início das bolsas: Novembro de 2010 Extrato de Prorrogação de Chamada Pública nº 093/2010 (Prorrogação) Chamada Pública nº 093/2010 Clique aqui para ver o Resultado Acesse aqui para cadastrar seu currículo Informações básicas: Obs: Este texto é apenas informativo e não substitui o conteúdo da Chamada Pública. Atenção: Os candidatos que apresentarem proposta para os processos de seleção em aberto, quando do cadastramento do currículo, devem mencionar no campo "Projeto de atuação pretendido no Ipea" o nome do projeto ao qual desejam concorrer à bolsa.
Comunicado n° 65 trata do crescimentode famílias brasileiras “chefiadas” por mulheres
JORNAL DIA DIA: Equipe de Dilma prepara reajuste do Bolsa-Família acima da inflação Marta Salomon Na avaliação do principal programa social do governo, prevalece a visão de que a simples reposição dos cerca de 9% da inflação acumulada desde o último reajuste é pouco A equipe de transição da presidente eleita, Dilma Rousseff, avalia a concessão de um reajuste acima da inflação para os benefícios do Bolsa-Família. De acordo com análise feita no governo, a reposição de pouco mais de 9% da inflação acumulada pelo INPC desde o último reajuste não seria suficiente para começar a tirar do papel a promessa de erradicar a pobreza extrema no País, feita durante a campanha ao Planalto. Em maio de 2009, quando ocorreu reajuste do Bolsa-Família, o benefício passou a variar de R$ 22 a R$ 200, dependendo do grau de pobreza e da quantidade de filhos da família. Neste ano, o valor ficou congelado, por causa da eleição. O projeto de lei do Orçamento da União enviado ao Congresso pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva tampouco prevê reajuste. A decisão ficará para a presidente eleita. Os gastos anuais do programa estão estimados em R$ 13,4 bilhões. Hoje, o País tem 8,9 milhões de miseráveis, depois da queda de 12% para 4,8% do porcentual da pobreza extrema observada entre 2003 e 2008. Esses são dados usados pelo Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo Bolsa-Família. O número de pobres varia porque não existe uma linha de pobreza única no Brasil. Nordeste. Grande parte dos extremamente pobres já integra o Bolsa-Família. Eles correspondem a 85% da clientela do programa. Mas o benefício pago não é suficiente para fazer com que todas essas famílias superem a condição de pobreza mais aguda, com renda mensal de até R$ 70 por pessoa da família. Levantamento do Ministério do Desenvolvimento Social mostra que a renda per capita média dos beneficiários do programa atingiu R$ 65,29 no Nordeste, depois do pagamento. O Nordeste concentra mais da metade dos beneficiários do programa de transferência de renda do governo (50,5%), que hoje atende a 12,7 milhões de famílias no País. No Norte, a renda média dos beneficiários do programa também não alcança R$ 70, valor que serve de fronteira para os extremamente pobres, segundo os critérios usados atualmente pelo Bolsa-Família. De acordo com análise do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) a pobreza extrema persiste no Brasil por dois motivos, combinados. Primeiro, o valor do benefício pago pelo Bolsa-Família é baixo para superação da pobreza, embora represente melhoria significativa na situação das famílias atendidas. Outro fator é que nem todos os pobres do País são atendidos pelo programa. "Basicamente, há duas coisas a serem feitas: acabar com os problemas de cobertura do programa e aumentar o valor do benefício", resumiu Sergei Soares, pesquisador do Ipea. Cenário. "O que está em jogo não é apenas o impacto financeiro do reajuste, é preciso eliminar a pobreza extrema", disse ao Estado a ministra Márcia Lopes (Desenvolvimento Social), que trabalha "cenários" para a concessão do próximo reajuste. Segundo a ministra, a nova etapa do Bolsa-Família vai depender também dos resultados do censo, esperados para dezembro. Neles, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) fará um retrato mais fiel da pobreza do País. Márcia Lopes disse que a presidente eleita já encomendou solução para famílias que estão fora do programa apesar da baixa renda. A ministra citou como exemplo 750 mil famílias com renda per capita entre R$ 70 e R$ 140 e que não recebem o benefício por não terem filhos em idade escolar. O Bolsa-Família concede um benefício básico de R$ 68 para famílias com renda per capita até R$ 70 e um extra de R$ 22 por filho entre 6 e 15 anos, até um limite de três filhos, e mais R$ 33 por jovem entre 15 e 17 anos, até o limite de dois.
ESTADÃO.COM (SP):Em Brasília, Dilma Rousseff retoma montagem de governo com equipe de transição Na reunião de hoje, foi traçado um cronograma para a realização de seminários sobre temas de interesse do governo de transição De volta ao Brasil depois de sua estreia no circuito internacional na reunião do G-20, em Seul, a presidente eleita, Dilma Rousseff, voltou a tratar nesta terça-feira, 16, da primeira de uma série de reuniões setoriais para a montagem de seu governo. Durante o encontro com o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, que também contou com a presença da coordenadora do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Miriam Belchior, e um dos coordenadores da equipe de transição, Antonio Palocci, a presidente eleita foi atualizada sobre o andamento do PAC no setor de rodovias e ferrovias. Passos deixou a Granja do Torto no início da tarde. "Foi uma reunião para atualizar a presidente sobre o PAC na área dos transportes", resumiu Helena Chagas, coordenadora da equipe de comunicação do governo de transição. Segundo ela, a presidente eleita deverá se reunir nos próximos dias com outros envolvidos com o PAC para receber informações setoriais sobre o andamento das obras. Transição O ex-ministro Antonio Palocci deixou a Granja do Torto, residência da presidente eleita, no início da tarde de hoje. Ele foi para o Centro Cultural do Banco do Brasil, onde está instalado o governo de transição. À exceção do vice-presidente eleito, Michel Temer (PMDB-SP) - que deixou o local para comparecer a uma reunião para a definição de "outros compromissos políticos" -, Palocci, o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra e o secretário-geral do PT, José Eduardo Cardozo permanecem no local. Ao final do encontro, Dutra confirmou que entregou à presidente eleita Dilma Rousseff um resumo por escrito das reivindicações dos partidos aliados. Segundo ele, a maioria dos partidos deseja manter o mesmo status no governo e, se possível, ampliá-lo. Ele acrescentou que o PMDB, principal aliado, não apresentou nomes de ministeriáveis. Mas admitiu que o PR pediu a recondução do seu presidente, o senador Alfredo Nascimento, ao ministério dos Transportes. Na reunião de hoje, foi traçado um cronograma para a realização de seminários sobre temas de interesse do governo de transição: erradicação da miséria, saúde e segurança pública. O primeiro debate deve acontecer na próxima quinta-feira, no CCBB, com a participação de especialistas do Ipea e da Fundação Getúlio Vargas.
Os primeiros resultados do Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS) serão sobrejustiça e cultura
Publicação que analisa o setor no Brasil é resultado do seminário realizado pelo Ipea e pelo Mapa em março
Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 005/2010 Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 005/2010, Projeto "VI Jornada de Estudos de Regulação” Data Limite para impugnação: 22 de novembro de 2010 Início da bolsa: Novembro de 2010 Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 005/2010 PROCESO SELECTIVO SIMPLIFICADO IPEA/PROCIN nº 005/2010 Extrato de Publicação do Resultado do Processo Seletivo Acesse aqui para cadastrar seu currículo Informações básicas: Obs: Este texto é apenas informativo e não substitui o conteúdo da Chamada Pública. Atenção: Os candidatos que apresentarem proposta para os processos de seleção em aberto, quando do cadastramento do currículo, devem mencionar no campo "Projeto de atuação pretendido no Ipea" o nome do projeto ao qual desejam concorrer à bolsa.
Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 007/2010 Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 007/2010, Projeto "VI Jornada de Estudos de Regulação” Data Limite para impugnação: 22 de novembro de 2010 Início da bolsa: Novembro de 2010 Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 007/2010 PROCESO SELECTIVO SIMPLIFICADO IPEA/PROCIN nº 007/2010 Extrato de Publicação do Resultado do Processo Seletivo Acesse aqui para cadastrar seu currículo Informações básicas: Obs: Este texto é apenas informativo e não substitui o conteúdo da Chamada Pública. Atenção: Os candidatos que apresentarem proposta para os processos de seleção em aberto, quando do cadastramento do currículo, devem mencionar no campo "Projeto de atuação pretendido no Ipea" o nome do projeto ao qual desejam concorrer à bolsa.
Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 011/2010 Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 011/2010, Projeto "O Federalismo Brasileiro: Limites e Possibilidades para o seu Aprimoramento” Data Limite para impugnação: 22 de novembro de 2010 Início da bolsa: Novembro de 2010 PROCESO SELECTIVO SIMPLIFICADO IPEA/PROCIN nº 011/2010 Extrato de Publicação do Resultado do Processo Seletivo Acesse aqui para cadastrar seu currículo Informações básicas: Obs: Este texto é apenas informativo e não substitui o conteúdo da Chamada Pública. Atenção: Os candidatos que apresentarem proposta para os processos de seleção em aberto, quando do cadastramento do currículo, devem mencionar no campo "Projeto de atuação pretendido no Ipea" o nome do projeto ao qual desejam concorrer à bolsa.
Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 006/2010 Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 006/2010, Projeto "VI Jornada de Estudos de Regulação” Data Limite para impugnação: 22 de novembro de 2010 Início da bolsa: Novembro de 2010 Processo Seletivo Simplificado PROCIN nº 006/2010 PROCESO SELECTIVO SIMPLIFICADO IPEA/PROCIN nº 006/2010 Extrato de Publicação do Resultado do Processo Seletivo Acesse aqui para cadastrar seu currículo Informações básicas: Obs: Este texto é apenas informativo e não substitui o conteúdo da Chamada Pública. Atenção: Os candidatos que apresentarem proposta para os processos de seleção em aberto, quando do cadastramento do currículo, devem mencionar no campo "Projeto de atuação pretendido no Ipea" o nome do projeto ao qual desejam concorrer à bolsa.
Correio do Povo On Line (RS):Brasileiro dá nota 4,55 para Judiciário O Poder Judiciário recebeu nota 4,55 (em uma escala de zero a 10), segundo pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea). A maioria das 2.770 pessoas entrevistadas fez uma "avaliação geral bastante crítica da Justiça", de acordo com a pesquisa. Os resultados foram divulgados ontem e fazem parte do Sistema de Indicadores de Percepção Social, lançado pelo instituto. Na primeira avaliação, além de avaliar o Judiciário, os entrevistados também foram questionados sobre organização urbana e prática cultural. A margem de erro geral de ambas as pesquisas é de 1,86%. O levantamento foi feito nos 26 Estados e no Distrito Federal e ouviu a opinião dos entrevistados sobre diversos serviços prestados pelo Judiciário. A agilidade foi considerada insuficiente, com nota média de 1,18. A mesma nota foi dada quando o assunto foi a imparcialidade dos magistrados. Para a maioria dos entrevistados, a Justiça trata de forma diferenciada as pessoas, dependendo da classe social, sexo e etnia. No item da pesquisa que indaga sobre a honestidade dos integrantes da Justiça, a nota média foi 1,17.
Na primeira edição do SIPS, brasileiros avaliaram mal a justiça e apontaram problemas no acesso acultura
Comunicado n° 66 analisa avanços e desafios da educação com base nos dados de 2009 do IBGE
Assista à entrevista do diretor de Estudos e Políticas Sociais do Ipea, Jorge Abrahão, sobre o Comunicado do Ipea n° 66
Evento reúne autoridades e acadêmicos como Marcio Pochmann, Pedro Demo e Beto Cury, na Universidade de Brasília, dia 23
JORNAL DO BRASIL ONLINE (RJ):Diminuição da desigualdade racial é lenta e pode se esgotar, alertam especialistas Desde a abolição da escravidão em 1888, a última década foi a que assistiu à maior diminuição da desigualdade entre brancos e negros (pretos e pardos). Conforme dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), entre 2001 e 2007 a diferença da renda familiar per capita dos brancos em relação aos negros diminuiu em 25%. Mesmo assim, a população branca vive com o dobro da renda (2,06 vezes) da população negra. De acordo com o Ipea, ultrapassar essa distância pode levar muito tempo. O cálculo é que só em 2029 se chegaria a um equilíbrio entre brancos e negros. "O ritmo da diminuição é aquém do desejado por quem quer uma sociedade mais justa", diz Tatiana Dias da Silva, técnica de Planejamento e Pesquisa da Diretoria de Estudos e Políticas Sociais do Ipea. A mesma opinião tem Ana Lúcia Sabóia, chefe da Divisão de Indicadores Sociais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). "Fazer projeção é difícil, mas o fato é que o ritmo é muito lento", confirma. A razão da diminuição, ainda que lenta, está nas políticas distributivas em favor dos mais pobres, como o Programa Bolsa Família e a elevação do ganho real do salário mínimo. Os negros são a maioria dos aposentados que recebem o piso da Previdência Social. Os efeitos distributivos desses mecanismos podem, no entanto, estar se esgotando com a aproximação da universalização do Bolsa Família entreos mais pobres do cadastro único do Ministério do Desenvolvimento Social e a limitação do reajuste do salário mínimo, alerta Tatiana da Silva. A técnica explica que como a maior parte da renda é composta por remuneração é preciso ver o mercado de trabalho, que ainda discrimina os negros desde a entrada, pois esses em regra começam a trabalhar mais cedo e com menor escolaridade que os brancos. Nesse sentido, as políticas afirmativas no mercado de trabalho tornam-se "mais importantes" para diminuir a desigualdade, avalia Tatiana da Silva que dá como exemplo o protocolo de diversidade assinado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e o Ministério da Educação (MEC) incentivando a contratação de negros oriundos de universidades com programa de cotas raciais. A desigualdade de renda distribui brancos e negros de forma diferente nas classes sociais. Segundo dados da Pesquisa de Amostra Domiciliar (Pnad 2009), compilados pelo instituto Data Popular, somente 1% dos negros está na classe A e 3% na classe B, enquanto 4% dos brancos estão no primeiro estrato e 10% estão no segundo. Brancos e negros têm quase o mesmo percentual na classe C, em torno de 34%; mas a situação se reverte nas classes de menor renda. Metade dos negros brasileiros é da classe D e 12% são da classe E; enquanto entre os brancos, 35% são da classe D; e 5%, da classe E. Essa desigualdade afeta o dinamismo da economia, aponta Renato Meirelles, sócio-diretor do Data Popular. Para ele a discriminação racial "é improcedente do ponto de vista ético, moral e econômico". Em sua opinião, "é uma questão de inteligência" aumentar a renda dos negros. O instituto calcula que os negros formem um mercado que movimenta R$ 554 bilhões. Esse valor poderia ser de mais de R$ 720 se a distribuição de renda fosse mais equilibrada, estima Meirelles.  
Evento que tem como tema "Aperfeiçoando a Qualidade Regulatória” começa nesta segunda-feira,noRJ
Chamada Pública nº 097/2010 Chamada Pública nº 097/2010 - Projeto "Tendências tecnológicas mundiais em telecomunicações e a influência dos processos de normalização" Vagas: 01 (uma) bolsa Doutor. Prazo de inscrição: 18 de outubro a 04 de novembro de 2010. Resultado: A partir de 16 de novembro de 2010. Início das bolsas: Dezembro de 2010. Chamada Pública nº 097/2010 Clique Aqui para ver o resultado Acesse aqui para cadastrar seu currículo Informações básicas: Obs: Este texto é apenas informativo e não substitui o conteúdo da Chamada Pública. Atenção: Os candidatos que apresentarem proposta para os processos de seleção em aberto, quando do cadastramento do currículo, devem mencionar no campo "Projeto de atuação pretendido no Ipea" o nome do projeto ao qual desejam concorrer à bolsa.
Chamada Pública nº 095/2010 Chamada Pública nº 095/2010 - Projeto "Sistema de Indicadores Econômicos e Sociais" Vagas: 02 (duas) bolsas Auxiliar de Pesquisa (Graduando), 01 (uma) bolsa Assistente de Pesquisa I (Graduado) e 01 (uma) bolsa Incentivo a Pesquisa III (Modalidade I). Prazo de inscrição: 14 a 29 de outubro de 2010. Resultado: A partir de 08 de novembro de 2010. Início das bolsas: Novembro de 2010. Chamada Pública nº 095/2010 Clique aqui para ver o resultado Acesse aqui para cadastrar seu currículo Informações básicas: Obs: Este texto é apenas informativo e não substitui o conteúdo da Chamada Pública. Atenção: Os candidatos que apresentarem proposta para os processos de seleção em aberto, quando do cadastramento do currículo, devem mencionar no campo "Projeto de atuação pretendido no Ipea" o nome do projeto ao qual desejam concorrer à bolsa.

<< Início < Anterior 351 352 353 354 355 356 357 358 359 360 Próximo > Fim >>
Página 352 de 719

 
 
 
 
gosip rumahan berita harian windows gadget toko game

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea