Twitter
Youtube
facebook
Google +
Google +

 

tips and trick

Diretoria de Desenvolvimento Institucional (DIDES)

 

À Diretoria de Desenvolvimento Institucional – DIDES compete dar todo o suporte ao trabalho desenvolvido pelo IPEA, exercendo as atribuições de planejar, coordenar e supervisionar a execução das ações relacionadas aos sistemas federais de organização e inovação institucional do Governo Federal, em especial orçamento, finanças e contabilidade, recursos humanos, serviços gerais, contratos, convênios, documentação, bem como as atividades de tecnologia da informação e comunicação, conhecimento, e da qualidade e apoio à pesquisa.

O trabalho realizado pela DIDES tem como objetivos básicos a utilização com eficiência dos recursos públicos alocados na Instituição, a garantia da transparência do emprego de tais recursos em consonância com os princípios da Administração Pública e a promoção e desenvolvimento de ações articuladas entre as diversas áreas do Ipea, buscando sinergias de trabalho que contribuam para o desempenho de sua missão institucional.

As atividades realizadas no âmbito da DIDES também objetivam contribuir para aprimorar os resultados técnicos e gerenciais do Ipea, por meio da disponibilização eficiente de recursos necessários (físicos, tecnológicos, financeiros e instrumentos de gestão) e da busca e adoção de práticas consolidadas e reconhecidas de gestão que promovam a melhoria contínua dos processos internos de trabalho.

Operacionalmente a DIDES está estruturada em quatro coordenações-gerais que cobrem as áreas de Planejamento, Gestão Estratégica e Orçamento (CGPGO), Tecnologia da Informação e Comunicações (CGTIC), Gestão de Pessoas (CGPES) e Serviços Corporativos e Apoio à Pesquisa (CGCAP).

A CGPGO tem como principais atribuições a elaboração, atualização, acompanhamento e monitoramento do PPA 2012/2015, da proposta orçamentária, de créditos suplementares adicionais e especiais, o acompanhamento da execução orçamentária e financeira, a realização do mapeamento e a promoção da racionalização de processos de trabalho e o desenvolvimento de ações na área da gestão da informação e do conhecimento. Dentre as principais atividades pode-se enfatizar o constante monitoramento das ações governamentais constantemente desenvolvidas no sentido de aprimorar o processo de construção e implementação do Orçamento Geral da União, prospectar e propor soluções de financiamento para viabilizar a plena execução dos projetos e ações estratégicas executadas na instituição e a implementação progressiva das ações de gestão de conhecimento, com ênfase na institucionalização do Repositório do Conhecimento do Ipea e no trabalho de assessoramento a sete instituições públicas de âmbito federal e estadual.

A CGTIC tem como principais responsabilidades o planejamento, a coordenação e a execução das ações suportadas por recursos de tecnologia da informação e comunicações, vinculadas à gestão da sua infraestrutura tecnológica, à política de segurança da informação, à normatização do uso de seus serviços e ao desenvolvimento de sistemas de informação. O trabalho desenvolvido no âmbito da CGTIC está constantemente alinhado com a necessidade de se contar com um adequado padrão de atualização tecnológica, por meio da contínua aquisição de equipamentos e de programas, da ampliação da capacidade de armazenamento de dados e da garantia de um adequado nível de segurança operacional. O Plano de Trabalho para 2013 da CGTIC tem sua principal ênfase na elaboração do Plano Diretor de Tecnologia da Informação - PDTI para o próximo biênio, bem como na elevação do nível de maturidade da governança corporativa e de TI. O PDTI é um instrumento de diagnóstico, planejamento e gestão dos recursos de TI, que busca garantir que os investimentos em tecnologia da informação estejam alinhados aos direcionadores estratégicos institucionais e que agreguem valor aos produtos e serviços que o Ipea entrega e desenvolve.

A CGPES tem como principais funções realizar diagnóstico de problemas e propor soluções de desenvolvimento e aperfeiçoamento relacionados à gestão de pessoas; desenvolver estratégias para vincular as decisões da gestão de pessoas ao modelo de competências validado na administração pública, desenvolver políticas referentes a desempenho e recompensas que atraiam, motivem e retenham o capital humano, implementar estratégias na busca da excelência dos processos institucionais do Ipea vinculados à área de gestão de pessoas e conceber e viabilizar programas de capacitação, qualidade de vida, atendimento médico e assistência à saúde e a gestão de serviços necessários ao desempenho de atividades administrativas. O Plano de Trabalho para 2013 da CGPES realça a necessidade de se envidar todos os esforços possíveis para se concretizar a realização de um concurso público para preencher parte das vagas existentes no quadro funcional da instituição, a intensificação das negociações junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e a CGPES/DIDES para conclusão dos trabalhos de revisão das carreiras deste Instituto e a intensificação das atividades de capacitação funcional e de promoção da qualidade de vida no ambiente laboral.

A CGCAP tem como principal foco a gestão de todos os serviços que dão suporte às atividades administrativas e de pesquisa realizadas no Ipea. Dentre as principais atividades realizadas no âmbito da referida Coordenação- Geral destacam-se o acompanhamento de execução dos projetos desenvolvidos pelas áreas técnicas e orientação e acompanhamento de novas propostas e seleção de bolsistas, o gerenciamento das atividades de execução do contrato firmado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento- BID para o projeto Ipea- Pesquisa, a realização de processos licitatórios de compras de materiais e equipamentos, o controle patrimonial de bens móveis e equipamentos e a supervisão da realização de uma ampla gama de serviços gerais. O Plano de Trabalho para 2013 da CGCAP prevê o aprimoramento dos instrumentos de acompanhamento e controle das bolsas de estudo concedidas e do Sistema de Gestão de Acordos de Cooperação Técnica, Convênios e Contratos de Pesquisa.

Convém na oportunidade ressaltar que os acordos de cooperação técnica constituem em importante instrumento de desenvolvimento, como forma de superar restrições, permitem transferir conhecimentos, experiências de sucesso e contribuem para capacitação de recursos humanos.

Finalmente convém registrar que a DIDES está sempre atenta a todas as iniciativas realizadas no âmbito do Ipea com o objetivo de aprimorar o trabalho dos canais de governança institucional, procurando também, por outro lado, desenvolver diversas iniciativas complementares, particularmente aquelas voltadas a conferir maior eficiência do trabalho desenvolvido.

 

 
 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil.
Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
Expediente Portal Ipea