Rede vai integrar ouvidorias de todas as regiões do Estado Imprimir

Rede vai integrar ouvidorias de todas as regiões do Estado

O Sistema de Ouvidoria Pública adotado pelo Governo do Estado servirá como modelo para que prefeituras da Região Metropolitana do Recife e do Interior viabilizem a primeira rede de ouvidorias municipais de Pernambuco. A ideia, inédita no Brasil, foi proposta por ouvidores municipais que participaram de curso organizado pela Ouvidoria Geral do Estado e Escola de Governo, vinculada à Secretaria de Administração.

A intenção dos profissionais de ouvidoria das prefeituras do Recife, Olinda, Tamandaré, Garanhuns, Mirandiba, Afogados da Ingazeira, Belo Jardim e Salgueiro é estimular o debate em torno da construção da rede intermunicipal, assegurando maior transparência à gestão pública. O tema estará novamente em pauta na reunião marcada para o próximo dia 22, às 9 horas, na Ouvidoria Geral do Estado.

“A importância de criarmos uma rede de ouvidores municipais é essencial para a padronização de procedimentos técnicos, o que permitirá que todos falem a mesma linguagem. Além do mais, trabalhar em rede é diferente de trabalhar sozinho. Estaremos, enquanto grupo, compartilhando experiências e ajudando uns aos outros. O ganho será de todos, principalmente do cidadão pernambucano”, disse Marcus Angelim, ouvidor do município de Salgueiro, Sertão do Estado.

Ronaldo Matias, da Prefeitura de Olinda, também participou da capacitação e compartilha do mesmo pensamento. “Estamos montando o serviço municipal de Ouvidoria, tendo como modelo a estrutura organizacional adotada pelo Governo do Estado. Integrar uma rede de ouvidorias com outras cidades também faz parte do nosso objetivo e já estamos nos articulando para isso”.

Profissionalizar equipes e estimular municípios a instalar ouvidorias próprias foi o objetivo do curso Implantação e Gestão de Ouvidorias nas Prefeituras. “Foi significativa a experiência do curso, considerando a possibilidade da estruturação da Rede Municipal de Ouvidorias Públicas de Pernambuco e a troca de experiências entre os ouvidores e representantes das prefeituras com a Ouvidoria Geral do Estado. Considero esta ação um marco de relevante importância para a disseminação da cultura de transparência pública nos municípios pernambucanos”, avaliou a ouvidora geral do Estado, Karla Júlia Marcelino.

Atuação - A Ouvidoria Geral do Estado é responsável pela coordenação da Rede de Ouvidorias do Governo, formada por 48 ouvidorias centrais - que atuam nas secretarias - e setoriais - vinculadas a órgãos da administração estadual. O trabalho de coordenação implica na realização de cursos de capacitação para as equipes do Poder Executivo, no suporte para implantação de novas ouvidorias e no controle de qualidade do serviço prestado ao cidadão.

Também realiza atendimento ao público recebendo e encaminhando demandas formuladas pela população. O cidadão pode recorrer à Ouvidoria Geral e à Rede de Ouvidorias para solicitar, elogiar, pedir informações, denunciar ou reclamar, através do 0800.281.2900 (ligação gratuita), internet (www.ouvidoria.pe.gov.br e Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. br) ou pessoalmente. A Ouvidoria Geral do Estado funciona no térreo da Secretaria Especial de Articulação Social, na Rua Vigário Tenório, 213, Bairro do Recife.

Notícia retirada do site da omd.