Como será calculada a TLP (que substituirá a TJLP)

Carta de Conjuntura nº 36

Por Estêvão Kopschitz X. Bastos

A Taxa de Longo Prazo (TLP), que substituirá a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) nos financiamentos do BNDES, será composta por uma parte prefixada e uma pós-fixada. A parte pré será obtida do prazo de cinco anos da estrutura a termo da taxa de juros, que tem sido analisada neste boletim de expectativas; e a parte pós será a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Haverá uma fase de transição, com duração de cinco anos, durante a qual será aplicado um redutor à parte dos juros reais prefixados, de maneira que a TLP comece, no primeiro ano de vigência, próxima à TJLP e chegue ao quinto ano sem redutor, proporcionando, assim, uma transição suave. Neste texto, o cálculo da TLP e o do redutor são descritos e são feitos alguns exercícios ilustrativos. Além da primeira seção sobre a TLP, uma segunda seção traz as expectativas recentes para a inflação e os juros, de acordo com a coleta do sistema de expectativas do Banco Central do Brasil (BCB) e com cotações de mercado.

Acesse o texto completo



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fale com o autor

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *