Cargos de confiança no Presidencialismo de Coalizão Brasileiro

Cargos de confiança no Presidencialismo de Coalizão Brasileiro

As conexões entre a esfera político-partidária e os cargos de confiança estruturam o processo de formulação e implementação das políticas públicas e dão corpo ao exercício cotidiano do governo. Investigar eventuais padrões de interação entre a política e os cargos de confiança é indispensável para compreender aspectos centrais do funcionamento de nosso sistema presidencial. Os capítulos deste livro proporcionam ao leitor uma compreensão mais precisa sobre o papel relativo de cada ator individual ou coletivo – gestores da alta burocracia, parlamentares, partidos, facções políticas, bancadas temáticas, Presidência da República – no exercício do governo. Embora não exista sentido unívoco na relação entre partidos e burocracia, porque eles variam em função dos tipos de políticas públicas, da estrutura burocrática dos órgãos e da natureza dos cargos ocupados, algumas tendências são visíveis, como é o caso da relação entre rotatividade dos cargos e o ciclo político, bem como do processo de gradual ampliação do espaço das carreiras ministeriais nos quadros de direção dos ministérios. Por meio de novos dados empíricos, construídos a partir de estratégias metodológicas variadas e articuladas, o livro discute a relação entre rotatividade dos ocupantes dos cargos de confiança e as mudanças político-partidárias nos ministérios, comparando as diferenças no processo de composição e de reprodução dos quadros nomeados em políticas com lógicas de implementação distintas. Análises mais voltadas para o núcleo do governo avaliam as situações em que os presidentes utilizam estratégias de nomeação de vice-ministros de sua confiança para exercer maior controle sobre as políticas ministeriais, e os arranjos institucionais na Casa Civil para responder às pressões por cargos oriundas dos partidos e de lideranças políticas. Em seu conjunto, o livro representa um passo relevante em direção a uma compreensão mais fina do papel que os cargos de confiança efetivamente desempenham no processo de governo e na gestão das políticas que estão sob a égide do presidencialismo de coalizão.


Autor


Pires, Gustavo M. V.

Schettini, Bernardo P.

Luciano Vereda

Santos, Cláudio Hamilton M. dos

Felix Garcia Lopez

Ana Luiza Neves de Holanda Barbosa

Pedro Herculano de Souza

José Celso Cardoso Jr.

Roberto Nogueira

Sérgio Wulff Gobetti

Rodrigo Octávio Orair

Eneuton Pessoa Carvalho Filho

Sheila Cristina Tolentino Barbosa

Antonio Lassance

Erivelton Pires Guedes

Eneuton Dornellas Pessoa de Carvalho Filho


21/03/2018 - 17:57:32




Acessar arquivo